Novembro Azul

Postado em quarta-feira, 01 de Novembro de 2017

No mês de Outubro aconteceu ao redor do mundo a campanha Outubro Rosa. Agora que estamos em novembro, chegou a vez de o azul tomar conta do pedaço. O Novembro Azul é uma campanha pelo combate ao câncer de próstata e conscientização da importância de exames regulares e diagnóstico precoce.

Assim como em outubro, diversos monumentos mundiais ficam na cor azul para aumentar a conscientização da causa, como o Cristo Redentor, o Maracanã, a Torre Eiffel, entre outros.

Como Surgiu

O Novembro Azul teve inspiração no movimento Movember que surgiu em 2003. Enquanto dois amigos australianos, Travis Garone e Luke Slattery, tomavam uma cerveja num bar em Melbourne e brincavam sobre trazer o bigode de volta já que ninguém mais usava. Então, inspirados pela mãe de um amigo que levantava fundos para o combate ao câncer de mama, resolveram fazer o mesmo para o câncer de próstata. Qual era a regra? Deixar crescer um bigode e cobrar 10 dólares de cada bigodudo. Naquele ano 30 amigos se reuniram nessa causa.

O que eles perceberam é que quando ostentavam o bigodão, muita gente puxava assunto sobre isso. Queriam saber o porquê do bigode. A história foi se espalhando e evoluindo. No ano seguinte eles fundaram então a fundação Movember e todo o dinheiro arrecadado pelos bigodões era destinado ao combate ao câncer de próstata. Uma plataforma online foi criada para que as pessoas postassem fotos da evolução de seus bigodes ao longo do mês de novembro e arrecadar fundos com doações de amigos.

Em 2008, o Instituto Lado a Lado pela Vida foi o primeiro a abordar questões relacionadas ao câncer de próstata no Brasil através da campanha “Um Toque, Um Drible”. O objetivo era promover uma mudança de paradigmas em relação à ida do homem ao médico e trazer mais informação sobre a doença.

Em 2012, inspirados pelo Movember, o instituto passou a promover durante todo o mês de novembro, ações focadas na prevenção ao câncer de próstata com o diagnostico precoce e maior divulgação sobre o assunto.

O câncer de próstata

A próstata é uma glândula no aparelho reprodutor masculino com a função principal de produzir o esperma. O câncer de próstata é quando as células desse órgão começam a se multiplicar de forma desordenada.

Normalmente ocorre em homens mais velhos. Cerca de 6 em cada 10 casos são diagnosticados em homens com mais de 65 anos, sendo raro antes dos 40 anos. A média de idade no momento do diagnóstico é de cerca de 66 anos. 

Estatísticas indicam que:

•Esse é o segundo tipo de câncer mais mortal entre os homens.

•Um em cada seis homens é alvo da doença.

•Há um diagnóstico de câncer de próstata a cada 7,6 minutos.

•Há um óbito por câncer de próstata a cada 40 minutos.

•É o sexto tipo de câncer mais frequente no mundo.

Desta forma, recomenda-se que a prevenção passe a ser feita a partir dos 45 anos se existe risco elevado para o surgimento do câncer, ou seja, casos de câncer de próstata na família. Se não existem, o homem deve visitar o urologista anualmente a partir dos 50 anos e realizar o exame de toque e de PSA (exame de sangue), principais meios para detectar a doença precocemente, tornando as chances de cura maiores e os tratamentos menos invasivos. É importante ressaltar que um exame NÃO substitui o outro, ou seja, realizar APENAS o exame de sangue NÃO é suficiente para detectar algum tipo de anomalia na próstata, visto que certas alterações são detectadas APENAS com o exame de toque. Atente-se que o câncer de próstata não possui sintomas no seu início.

Converse sempre com seu médico urologista sobre o câncer de próstata. Tire todas as dúvidas e abandone os preconceitos. 

Lembre-se, a detecção precoce pode salvar a sua vida!